Agra: o que fazer, onde e quantos dias ficar

Todo mundo que viaja à Índia tem uma parada obrigatória: Agra, para ver o magnífico Taj Mahal. E não é para menos. O monumento é de ficar impressionado mesmo.

Confesso que até eu pisar nos mármores brancos do Taj, não achei que seria tudo isso que falam. Pois foi! E Mais até. Além da história que cerca o mausoléu, o lugar é tão pacifico que nem parecia que estava na Índia. Até porque saí de Délhi, e ainda estava assimilando toda a bagunça.

Pois então, voltando à cidade de Agra. Lá não tem muitas opções do que fazer além do Forte, Taj e o Fatehpur, este último não conheci. Você pode dar uma voltinha por lá para ver o movimento. Eu cheguei à tarde e aproveitei para ir ao forte, já que queria ir ao Taj no primeiro horário da manhã.

Antes de a capital ser transferida para Nova Déli, Agra era sede do Império Mogul. Localizada a beira do rio Yamuna, a cidade era protegida pelos imperadores Akbar, Jahangir e Shah Jahan. Agra abriga o Taj Mahal, o Agra Fort e Fatehpur Sikri, que foram declarados patrimônio da Humanidade pela Unesco.

Então para começar:

Como chegar em Agra

Voce pode ir tanto de trem quanto de carro. As duas opções são boas. De trem você tem a experiência de se misturar um pouco mais com os indianos e é mais rápido. Já de carro você pode parar quando quiser, apesar de levar mais tempo e ser mais caro.

Saindo de:

Déli: 233km

Jaipur: 241km

Jodhpur: 580km

Udaipur: 635km

Onde ficar em Agra: 
Ficamos hospedados no Taj Haveli Agra. A diária saiu USD 34. Como falei, fiz uma viagem mais econômica. E como estava com mais duas pessoas, saiu bem baratinho mesmo. O hotel é bem tranquilo, o quarto bem limpinho, um bom café da manhã e, claro, o ar condicionado salvador da pátria! Ele é bem simples, mas tem um detalhe ótimo: é pertinho do Taj Mahal!! Apenas 500m. Super recomendo.

Fonte TripAdvisor
Fonte TripAdvisor
Fonte TripAdvisor

O que fazer em Agra

Agra Fort (USD 9): O Agra Fort foi construído pelo imperador Akbar no período de 1565 e 1573. É um complexo de construções palacianas incrível. De lá você pode contemplar também o Taj Mahal de longe. Vale muito a pena conhecer. Eu fiquei encantada com os fortes que conheci e esse foi um deles.

Taj Mahal (USD 16): O famoso Taj Mahal (que merece uma postagem somente dele) foi construído pelo imperador mogul Shah Jahan em memória a sua esposa favorita Mumtaz Mahal, que morreu em 1631. Cerca de mil operários trabalharam, por doze anos, para, finalmente terminar em 1643. Bom, eu indico ir de manhã bem cedo (6am). Além de ser lindo demais, tem bem menos gente do que com o passar do dia. Outra opção é ir em um jardim lindíssimo do outro lado do rio para ver o por do sol (USD 5). Os dois são lindos e vale a pena.

Super recomendo que você durma em Agra. Primeiro pelo fato de poder descansar antes de ir ao Taj, e segundo para poder ir também, com calma, ao Agra Fort e ver o por do sol!

A Índia pode ser bem cansativa, por isso uma boa noite de sono é sempre bem vinda.

Instagram: @pegadasdeumaviagem

Beijos e até a próxima!!

Índia Viagem

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: